fbpx
Licença de Software imagem

Como economizar com o licenciamento de softwares em sua empresa

Os passos iniciais para você organizar o licenciamento
das ferramentas de sua empresa…

Se você possui uma rede de computadores e utiliza algum tipo de software no seu sistema, deve saber que o licenciamento desses programas, além de oneroso, se torna complicado para algumas empresas que não possuem um time dedicado para entender essa demanda.

Afinal de contas, assim como qualquer outro produto, um software é uma propriedade intelectual regulamentada e resguardada por leis, em que o seu uso deve, por obrigação, atender determinadas regras, principalmente, no que se refere à políticas de antipirataria. 

Por isso, é essencial que todo o seu sistema esteja licenciado e regulamentado para evitar sanções, multas e processos.

Você como gestor, deve manter o seu foco em resultados.

E isso vai se tornar impossível, caso boa parte da sua atenção esteja direcionado a ficar checando softwares, controlando chaves, versões ou se os seus colaboradores estão usando ou instalando produtos não originais.

Por outro lado, não tem como você negligenciar todas as questões de licença de softwares e deixar isso atrapalhar o seu negócio.

Por isso, listamos algumas maneiras que você pode utilizar para economizar no licenciamento de softwares da sua empresa.

  1. Liste quais tipos de software a sua empresa tem

O primeiro passo é sempre arrumar a casa. Organize uma auditoria  em seus equipamentos e monte uma planilha verificando quais são os programas instalados, inclusive, a quantidade de dispositivos que sua empresa possui.

Diante dessas informações, você pode fazer um dimensionamento melhor dos seus investimentos. 

Além disso, será uma boa base para, quem sabe, repensar o modelo de sua estrutura de rede. Investimentos em novas tecnologias de Hardware, como a substituição de Desktops por Thin Clients, entregam soluções que exigem menos investimento em licenças.

  1. Escolha a Nuvem

Você não contrata mais funcionários, ou muito menos irá construir mais salas do que realmente.

Um Software é um ativo do seu negócio como qualquer outro. Você deve economizar para pagar apenas pelo que precisa.

Você pode optar por um Software as Service, os famosos SaaS. Por não dependerem de uma mídia física para instalação, eles podem ser utilizados por mais de um dispositivo. Esse modelo apresenta um custo-benefício superior com relação aos modelos convencionais.

Com o modelo de nuvem, você tem um gerenciamento melhor de recursos, que muitas vezes antes ficavam ociosos gerando custos desnecessários. 

  1. Consulte empresas especializadas:

Existem diversas formas e modelos de licenciamento para empresas. Existem empresas que são voltadas a ajudar você a fazer isso com segurança, para adquirir uma licença personalizada para a sua empresa.

Caso a sua equipe não esteja preparada para elaborar essa compra, a solução mais adequada é terceirizar o serviço para garantir assertividade no monitoramento, documentação e investimento nas licenças. 

Dessa forma você terá mais segurança e certeza de que o seu capital está sendo aproveitado da melhor maneira.

Lembre-se de que além de pagar pela licença do software, é importante gerenciar o seu uso de forma inteligente. Sem o gerenciamento adequado, você corre o risco de não extrair o máximo da sua rede além de ter prejuízos financeiros.

Acompanhe a nossa Newsletter para mais dicas para melhorar o funcionamento da sua infraestrutura de rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *